Painel das Letras

por Josélia Aguiar

 

Os dez mais, por Milton Hatoum

A adaptação para o cinema de três livros do amazonense, radicado em São Paulo, Milton Hatoum é um dos temas da coluna “Painel das Letras” deste sábado (aqui, se assinante do UOL ou da Folha).

A novela "Órfãos do Eldorado" deve ser filmada por Guilherme Coelho (do documentário "Fala Tu"), com quem o escritor assina contrato nos próximos dias.

É a terceira obra de Hatoum a interessar a diretores. O romance "Dois Irmãos" começou a ser adaptado por Luiz Fernando Carvalho, ainda sem data para gravar. Faz parte da série “Quadrante”, da Rede Globo. "Não devemos correr com o andor, pois, como diz o poeta, a pressa aniquila o verso", diz Carvalho, que fez para o cinema "Lavoura Arcaica", baseado no livro homônimo de Raduan Nassar 

"Relato de um Certo Oriente", livro de estréia de Hatoum, será filmado por Marcelo Gomes (de "Cinema, Aspirinas e Urubus"), que também prepara o roteiro. As gravações devem ocorrer, provavelmente, a partir do segundo semestre. 

Hatoum deve concluir o próximo romance até julho. O cenário é diferente dos anteriores: a história se passa em Paris, entre as décadas de 1970 e 1980. Diz que já pensou em quatro títulos diferentes, mas não se decidiu por enquanto. É dele a estante afetiva que publico hoje:


"Grande Sertão: Veredas" – Guimarães Rosa

"Claro Enigma" – Carlos Drummond de Andrade

"Poemas" – Konstantinos Kaváfis

"Coração das Trevas"  - Joseph Conrad

"A Educação Sentimental" – Gustave Flaubert

"Luz em Agosto" – William Faulkner

"Infância" - Graciliano Ramos

"Dublinenses" – James Joyce

"Ilusões Perdidas" – Balzac

"O Processo" – Franz Kafka

Leia "os dez mais" de Cristovão Tezza, Francisco Alvim e Thiago de Mello.


Escrito por Josélia Aguiar às 13h32

Comentários () | Enviar por e-mail | Os dez mais | PermalinkPermalink #

Julgue pelas capas

 

Descobri o divertido "Judge a Book by its Cover" (visite aqui, em inglês) faz um tempinho. O dono do blog é funcionário de uma biblioteca pública americana e passa o dia vendo livros esquisitíssimos pela frente. Como este aqui, com dicas para você se tornar um cara legal e popular:

 

Como já adianta no nome do blog, o bibliotecário explica que você deve, sim, julgar um livro pela capa: o título, a imagem, o design, enfim, quase sempre denunciam o péssimo gosto ou a ideia abstrusa que movem autor e editor. Em resumo, são livros que parecem tratar o leitor como se bobo fosse.

No blog de Almir de Freitas, encontro agora outro compêndio de obras estapafúrdias, recolhidas por um britânico em "Odd Books" (visite aqui, em inglês). Almir preparou uma série, já na terceira parte, em que comenta um a um os livros mais absurdos (aqui, em português).

Para o leitor ter uma ideia, um deles promete ensinar a "aumentar o busto com o poder da mente"; outro defende a tese de que Elvis Presley é/era "o verdadeiro Messias":

 

Escrito por Josélia Aguiar às 10h42

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Os dez mais, por Thiago de Mello

De Freguesia do Andirá (AM), na Amazônia, o poeta Thiago de Mello, 85 anos, despachou para a editora paulista Global seu projeto de uma década: antologia com mais de cem poetas de todos os países americanos que falam espanhol. Esse é um dos assuntos da coluna “Painel das Letras” do último sábado, 19 de fevereiro (leia aqui, se assinante do UOL ou da Folha).

Mello escolheu e traduziu os poemas “do coração”, como diz. Na seleção, há, entre outros nomes, Mario Benedetti e Juana de Ibarborou (Uruguai), Gabriela Mistral e Pablo Neruda (Chile), Luis Alberto Crespo e Maria Antonieta Flores (Venezuela), Ernesto Cardenal e Rubén Darío (Nicarágua).

Este ano, completa 60 anos de poesia; começou a publicar em 1951, com “Silêncio e Palavra”. O poeta viveu vários anos exilado no Chile, durante a Ditadura. Conviveu com Neruda e se tornou conhecido e traduzido naquele país.

Os dez livros que fazem parte de sua estante afetiva.

 

"Dom Quixote" - de Miguel de Cervantes

"A Divina Comédia" - Dante Alighieri

"Odisséia" - de Homero

"Claro Enigma" -Carlos Drummond de Andrade

"Fogo Morto" - José Lins do Rego

"Lord Jim" - Joseph Conrad

"Cem Anos de Solidão" - Gabrial García Marquéz

"Alturas de Machu Picchu" - Pablo Neruda

"Grande Sertão: Veredas" - João Guimarães Rosa

"Várias Histórias" - Machado de Assis

 

Encontre os “dez mais” de Francisco Alvim aqui e os de Cristóvão Tezza aqui.

 

 

 

Escrito por Josélia Aguiar às 09h56

Comentários () | Enviar por e-mail | Os dez mais | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Jos�lia Aguiar Josélia Aguiar é jornalista, especializada na cobertura de livros. Assina a coluna Painel das Letras, publicada aos sábados no caderno "Ilustrada".


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.