Painel das Letras

por Josélia Aguiar

 

Prateleiras à mancheia

Para quem gostou dos dois posts anteriores, o blog Booklicious publica toda quarta-feira imagens de prateleiras de todos os tipos, como as que pesquei e publico logo abaixo. 

 

 

 

 

 

 

A seção se chama Bookcase Wednesday.

Você chega lá por aqui.

 

Escrito por Josélia Aguiar às 14h47

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Só prateleiras

Esta casa em Osaka, no Japão, é toda coberta de prateleiras.

O dono, diz o texto do "Gizmodo", precisava acomodar sua biblioteca sobre história islâmica, tema pelo qual é apaixonado.

Você vê mais imagens por aqui

 

Escrito por Josélia Aguiar às 13h27

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Uma biblioteca, um jardim

Essas são três das dezenas de bibliotecas bonitas que o blog Tartuffe´s Folly reúne em uma de suas seções, atualizada com frequência.

Você chega lá por aqui.

Diz a epígrafe, de Cícero: "Se você tem um jardim e uma biblioteca, você tem tudo de que precisa".

Não à toa, o blog também armazena imagens de flores de todos os tipos.

 

 

 

 

Escrito por Josélia Aguiar às 16h43

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Os dez mais, por André Sant´Anna

A outra estante afetiva de hoje é de André Sant'Anna. Nasceu em Belo Horizonte em 1964 (MG), viveu no Rio de Janeiro e hoje mora em São Paulo. Na década de 1980, tocou no grupo Tão e Qual e fez carreira na publicidade. Seu primeiro livro, “Amor”, é de 1998. Um ano depois, saiu “Sexo”. Depois de um intervalo, publicou “O Paraíso é Bem Bacana” (2005). 

Sua lista é esta aqui:

Grande Sertão: Veredas - Guimarães Rosa
Café da Manhã com os Campeões - Kurt Vonnegut Jr.
Miséria Dourada - Jorge Mautner
Panamérica - José Agripino de Paula
A Revolução do Cinema Novo - Glauber Rocha
O Casamento - Nelson Rodrigues
O Óbvio Ululante - Nelson Rodrigues
Poesia Completa - Chacal
Criação - Gore Vidal
Sacanagem Pura - Sebastião Nunes


Veja as listas de Cristovão Tezza,  Thiago de MelloMilton HatoumFrancisco AlvimMoacyr Scliar, Michel LaubCarola SaavedraDaniel Galera, Ricardo Lísias, Joca Terron

 

 

Escrito por Josélia Aguiar às 14h03

Comentários () | Enviar por e-mail | Os dez mais | PermalinkPermalink #

Os dez mais, por Joca Terron

De volta às estantes afetivas, vou liberar mais duas listas nesta ensolarada tarde de sexta-feira de inverno paulista.

Joca Reiners Terron nasceu em Cuiabá em 1968. Começa a publicar aos 30. Desde 1995, vive em São Paulo. Escreveu, entre outros livros, "Hotel Hell" (2003), "Curva de Rio Sujo" (2004), "Sonho Interrompido por Guilhotina" (2006), "Do Fundo do Poço se Vê a Lua" (2010). 

Aqui seus "dez mais"

"Poesia" - Ezra Pound, na edição que teve organização, introdução e notas de Augusto de
Campos

"Histórias Extraordinárias" - Edgar Allan Poe

"As Aventuras de Tom Sawyer" - Mark Twain

"A Ilha do Tesouro" - Robert Louis Stevenson

"Gasolina & Lady Vestal" - Gregory Corso

"Viagem ao Centro da Terra" - Júlio Verne

"Nove Histórias" - J.D. Salinger

"Caprichos & Relaxos" - Paulo Leminski

"Fup" - Jim Dodge

"O Mez da Grippe" - Valêncio Xavier

 

Veja as listas de Cristovão Tezza,  Thiago de MelloMilton HatoumFrancisco AlvimMoacyr Scliar, Michel LaubCarola SaavedraDaniel Galera, Ricardo Lísias

Escrito por Josélia Aguiar às 13h46

Comentários () | Enviar por e-mail | Os dez mais | PermalinkPermalink #

Antigas receitas de cozinha

Contei sobre esse projeto da Brasiliana-USP na “Painel das Letras” que saiu no sábado passado, na Ilustrada (aqui, se assinante do UOL ou da Folha).

Está já no ar, mais cedo do que o previsto, o catálogo com 12 dos mais importantes títulos da história da alimentação no Brasil. São obras que datam até o começo do século 20, como "O Cozinheiro Nacional", "O Doceiro Nacional", "A Arte Culinária na Bahia" e "Arte de Cozinha".

Você chega lá por aqui. Os livros podem ser baixados ou lidos no site gratuitamente.

 


Escrito por Josélia Aguiar às 21h57

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Como bebem os escritores

 

Ernest Hemingway, mojito. Oscar Wilde, absinto. Carson McCullers, chá. F. Scott Fitzgerald, gim. Dez autores e suas bebidas preferidas, na lista da “Flavorwire” (aqui, em inglês).

Diz Wilde: "Fiz uma grande descoberta. Ao beber álcool em doses suficientes, você consegue ficar intoxicado".


 

Escrito por Josélia Aguiar às 21h30

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Um poema: Heinrich Heine

Era para guardar os versos abaixo para a próxima semana, pois hoje seria o dia de Borges (post anterior). Mas recebi esse poema de Heinrich Heine quase ao mesmo tempo que o de Borges, e fiquei tão impressionada com sua beleza, que resolvi pôr logo aqui.

Quem o escolheu e me enviou por e-mail foi o poeta e tradutor André Vallias, que lançou por esses dias a mais abrangente antologia do autor alemão, "Heine, Hein? – Poeta dos contrários", pela Perspectiva.

 

Não me sai da memória,

Mulher, amada e linda,

Que foste minha outrora

De corpo e alma. Ainda

 

Quero-te em carne e osso;

Da alma não necessito,

Podem jogar no fosso,

Pois não me falta espírito.

 

Corto minh’alma ao meio:

Assopro-te a metade,

Te abraço, então seremos

Corpo e alma de verdade.

  


Ich kann es nicht vergessen,

Geliebtes, holdes Weib,

Daß ich dich einst besessen,

Die Seele und den Leib.

 

Den Leib möcht’ ich noch haben,

Den Leib so zart und jung;

Die Seele könnt Ihr begraben,

Hab’ selber Seele genung.

 

Ich will meine Seele zerschneiden,

Und hauchen die Hälfte dir ein,

Und will dich umschlingen, wir müssen

Ganz Leib und Seele seyn.

 

1822

 

 

 

Leia poemas de Joan Brossa e Jorge Luis Borges

 

 

 

 

Escrito por Josélia Aguiar às 12h10

Comentários () | Enviar por e-mail | Um poema | PermalinkPermalink #

Um poema: Jorge Luis Borges

Jorge Luis Borges é mais conhecido pelos contos, menos conhecido pelos poemas.

Quem escolheu "Everness" para pôr nesta seção foi Júlio Pimentel Pinto, professor do departamento de História da USP, que conhece bastante de ficção, sobretudo latino-americana e italiana, e de poesia, em inglês, francês, espanhol e italiano.  É autor de, entre outros, "A Leitura e seus Lugares", que tem vários ensaios dedicados a Borges, e tradutor de Enrique Vila-Matas e Beatriz Sarlo.

 

Everness

Só uma coisa não há. O esquecimento.

Deus, que salva o metal, salva a escória

e anota em sua profética memória

as luas que serão e as que já foram.

 

Tudo já está. Os milhares de reflexos

que em meio aos dois crepúsculos do dia

teu rosto foi deixando nos espelhos

e todos os que ainda deixará.

 

E tudo é uma parte do diverso

cristal desta memória, o universo;

nunca têm fim seus árduos corredores

 

e as portas vão fechando quando passas;

somente do outro lado do poente

verás os Paradigmas e Esplendores.


Everness

Sólo una cosa no hay. Es el olvido.

Dios, que salva el metal, salva la escoria

y cifra em Su profética memória

las lunas que serán y las que han sido.


Ya todo está. Los Miles de reflejos

que entre los dos crepúsculos del dia

tu rostro fue dejando em los espejos

y los que irá dejando todavia.


Y todo es una parte del diverso

Cristal de esa memória, el universo;

no tienen fin sus arduos corredores


y las puertas cierran a tu passo;

solo del outro lado del ocaso

verás los Arquétipos y Esplendores

 

Os versos em português estão no volume "O Outro, O Mesmo", traduzido por Heloísa Jahn para a Companhia das Letras, edição de 2009. Retirei os versos em espanhol do volume "Obra Poética", edição da Emecé de 2007.

Esta semana, completaram-se 25 anos da morte desse que é considerado um dos maiores gênios literários do mundo.


Leia um poema de Joan Brossa

Escrito por Josélia Aguiar às 11h48

Comentários () | Enviar por e-mail | Um poema | PermalinkPermalink #

O dia de Joyce

Post para lembrar que hoje é o Bloomsday, dia em que se comemora em todo o mundo a obra do irlandês James Joyce. 

Bloom é o sobrenome de Leopold, protagonista de "Ulisses". O romance transcorre em um só dia, 16 de junho de 1904, em Dublin.

Vi a imagem abaixo no blog The Book Bench, da "New Yorker" (aqui, em inglês)

 

No site do "Guardian", há um quizz engraçado, para testar seus conhecimentos sobre o autor irlandês (aqui, em inglês)

Escrito por Josélia Aguiar às 09h08

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Viajantes Espantosos


O número recorde de 60 mil visitantes (aqui, em francês, na "L' Express") compareceu ao festival Viajantes Espantosos no último fim-de-semana. O evento é realizado desde 1990 em Saint-Malo, região francesa da Bretanha, para celebrar a literatura de viagem e a "literatura do mundo".  

Você chega ao site oficial por aqui .  

 


 

 

Escrito por Josélia Aguiar às 13h13

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

"Bad trips"

 

Oito pequenos e bons textos sobre viagens que deram errado, promete a seleção da “Flavorwire” que vi agora (aqui, em inglês).

Deu vontade de ler o relato de David Foster Wallace sobre cruzeiros, o de Umberto Eco, numa das visitas aos EUA, e o de Gary Indiana em Branson, no Missouri. 

O bacana é que há link para cada um dos textos citados.

Escrito por Josélia Aguiar às 12h39

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O bacon do Francis

Desses trocadilhos que a gente deixa de escutar assim que passa para o ensino médio.

Acepipe vendido (este link) em potes que custam entre US$ 15 e US$ 20.

Escrito por Josélia Aguiar às 10h50

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Quando não há palavras para dizer

 

 

Edições antigas transformadas em objeto de arte com folhas em branco, à venda na Potterbarn (este link) por US$ 39.

 

Escrito por Josélia Aguiar às 10h43

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Design do livro: Edições catalãs

Descobri este blog catalão feito por um grupo de gente que pesquisa edições de livros (capas, ilustrações etc) de várias épocas naquela região de Espanha: http://galeriadimatges-galderich-leblansky.blogspot.com/

Esta é uma capa da década de 1930 do "Fausto", de Goethe.

 

 

 

Escrito por Josélia Aguiar às 10h38

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Jos�lia Aguiar Josélia Aguiar é jornalista, especializada na cobertura de livros. Assina a coluna Painel das Letras, publicada aos sábados no caderno "Ilustrada".


RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.